Dicas sobre processamento 2019

Dica 1

Não exagere no processamento.

A maioria dos ouvintes de rádio, não entenderiam se fossemos explicar sobre a qualidade do áudio ouvida nos rádios por eles. Quando uma rádio possui um som, cheio, aberto e fluindo com naturalidade, faz muita diferença se for comparado com uma rádio que esteja sobre modulando e com um áudio com excesso de compressão e distorcido, podem ter absoluta certeza que o ouvinte irá perceber. Engano quem acha que não! O julgamento é na realidade subliminal é o cérebro quem julga e este não erra! Portanto sugiro nunca exagerar no excesso de processamento, pois com certeza irá produzir uma reação negativa nos ouvintes, fazendo com que este mude de frequência no dial buscando uma rádio com um som mais agradável.

Dica 2

Qualidade do áudio.

Tenha em mente qual o tipo de ouvintes que deseja atingir, não tem jeito de agradar a Gregos e Troianos. Se a programação for voltada para um público jovem! Procure ter um som com um peso equilibrado e mais densidade, aumente os médios e meio médios, ajuste os graves sem exageros, tenha em mente que a juventude que ouve música nos Smartphones, estão acostumados como músicas baixadas da internet (de graça). A grande maioria destas músicas baixadas não possui boa qualidade. Importante: Ouça com atenção as músicas da programação em um rádio com uma boa qualidade. Saiba que um dos grandes problemas para se ter um processamento com qualidade são as músicas! Instrua o programador ou o locutor a avaliar a qualidade das músicas baixadas da internet (youtube).

 

Dica 3

Som limpo é melhor do que um som com excesso de peso.

Não se engane pensando que quanto mais pesado o som, melhor será a qualidade no ar!

Uma emissora de rádio com um som claro e natural com certeza terá a preferência do ouvinte. Isto já foi comprovado pelos grandes fabricantes de processadores. Hoje, todavia os processadores modernos já produzem um som com muita clareza e peso simultaneamente.

 

Dica 4

Pequenos detalhes fazem a diferença.

Um som com clareza é fundamental! Não há necessidade de aumentar agudos e graves, são os detalhes que fazem a diferença! Evite sobre-modulação. Excesso de modulação significa som distorcido.

 

Dica 5

Leve em consideração o equipamento do seu melhor competidor.

É imperativo ter equipamentos de boa qualidade. O processador de áudio não faz milagres, o que entra ruim sai ruim! Escolha um pre-set de fábrica e ouça a rádio com músicas que se conheça, depois comece a variar de gêneros para poder ver o comportamento do pre-set que está habilitado. Tenha certeza dos ajustes que vai fazer, ajustes sem conhecimento somente irão piorar a qualidade do som da rádio.

Ouça o som dos competidores levando em consideração o equipamento que a rádio possui. Tipo: placa de som, link STL, transmissor (excitador) não queira que a sua rádio tenha uma qualidade de áudio melhor que a concorrente que possui equipamento importado de ultima geração.

 

Dica 6 

Compare o som.

Compare o som da rádio com outra do mesmo segmento de música, não tente comparar uma rádio que só toca sertanejo com a sua que toca somente Pagode. O segmento Musical é muito importante. Ouça o som em diferentes rádios, no carro em casa, nos rádios dos carros dos amigos, aí sim comece a pensar em fazer os ajustes que achar necessário.

 

 

Dica 6

Locutor.

Não dê ouvidos a locutor, normalmente eles estão com os ouvidos viciados em som alto e sempre irão querem mais graves e peso, esquecendo que a rádio tem que agradar aos ouvintes e não a eles. Não processe demasiadamente o som da rádio, cuidado com a sonoridade da rádio pois subconscientemente um processamento exagerado irá desagradar o ouvinte (isto está comprovado). O ouvinte pode não entender de som mas tenha certeza que um som desagradável o fará mudar de estação, pois irá se sentir irritado sonicamente.

Dica 7

Musicas.

Procure programar uma sequência de músicas com a mesma densidade e qualidade sonora, não toque uma música com uma excelente qualidade e em seguida uma com uma baixa qualidade, a diferença será notada de imediato! Procure instruir ao programador verificar a qualidade das músicas que são baixadas da internet isso é muito importante, lembre se que o processador não faz milagres.

 

Dica 8

Poder de Decisão.

É importante ter somente uma pessoa que tenha poder de decisão para mudar os ajustes no processador de FM. Cada pessoa tem um gosto e audição diferente, para uma decisão acertada é bom ouvir opiniões diferentes, porem a decisão final deve ser tomada apenas por uma pessoa com um conhecimento mínimo de áudio. Ouça o som da rádio repetidamente, mas não canse o seu ouvido, pois o som que você irá gostar quando ajustar p processamento no dia seguinte soará diferente no ouvido. Tenha absoluta certeza do som que deseja.

 

Dica 9

Assinatura Sônica.

Processamento é a assinatura da rádio, é a marca registrada da emissora, é como um DNA é único. Os ouvintes não irão ver luzes piscando, estúdios grandes ou pequenos; irão somente ouvir o som no ar, e este deve ser o melhor possível, não importa qual o formato de música o processamento simplesmente deve ser bom! Ouça a rádio com critério, se no final de 10 minutos ouvindo ter vontade de mudar de estação, pode ter certeza que deve reajustar o processador, porém não tome a decisão sozinho peça a opinião de outras pessoas para ter total certeza das mudanças que deseja fazer, peça a opinião de mulheres pois elas possuem uma audição nas altas frequências melhor que os homens. Use uma boa programação para poder fazer o julgamento, programação ruim mesmo em um bom processador ainda é uma má programação.

 

Dica 10

Futucando o Processador.

Resista à necessidade de constantemente mexer no processador, existem donos de rádios que não resistem a tentação e constantemente modificam todos os os parâmetros de processamento piorando a qualidade do som da rádio outro detalhe importante de ser comentado técnicos de RF na maioria não conhece de áudio. O ouvinte é o melhor juiz.

O bom senso prevalece escute o som da rádio por alguns dias em um pre-set de selecionado de fábrica que agrade no ar. O som da radio deve ser como um café o sabor deve prevalecer e não o açúcar.

 

Dica 11

O mais importante.

Definir o processamento de áudio da emissora deve ser uma das prioridades. Porem tenha em mente que quanto mais alto for o som (loud) menos detalhes serão ouvido pelos ouvintes, especialmente se for enfatizado muito grave como se gosta no Brasil, enfatizando com exageros os graves, só ira e diminuir a ênfase de outras frequências, ocorrendo o que chamamos de mascaramento. Não tente imitar outra emissora, crie uma sonoridade própria.

Mas tenha em mente que as características sonoras de uma rádio que toca sertanejo, podem ser muito diferentes de uma rádio que toca MPB ou Samba. Procure saber do ouvinte se o som da radio está agradando! Lembre se que as grandes empresas investem muito dinheiro em pesquisas, o público que a radio atinge é enorme, portanto pergunte!

 

Dica 12

Ouvintes.

Diga aos ouvintes sobre o esforço que a equipe técnica da radio está fazendo para garantir o melhor som no ar. Faça os ouvintes participarem com opinião, isto é importante para uma se conseguir uma perfeita assinatura sônica da rádio.

 

Dica 13 – Extra.

Pergunta Feita por Uma Emissora de São Paulo.

Som de rádio por Satélite.

Quando se recebe o sinal de áudio da radio por satélite, tipo: Jovem Pan, Transamérica e outras, o áudio está compactado de uma forma que irá soar um pouco áspero, com agudos e médios altos, muitas vezes distorcidos, esta é uma característica do sinal de satélite que a grande maioria das rádios recebem e que será processado! O que se deve fazer? Ajustar o processador cuidadosamente para não enfatizar estas características! Minimizando o máximo este efeito, ajustando os agudos, médios, meio/médios sem exagerar nos graves. Use o equalizador paramétrico do processador.

Porem existe um outro efeito!  O que fazer quando se transmite direto do estúdio (local) com certeza o som não será o mesmo. Será difícil se ter uma qualidade satisfatória de processamento com o mesmo pre-set nas duas situações. Solução: Use no processador o que se chamamos de “dayparting” que é um recurso que a grande maioria dos processadores (modernos) possuem, que permite mudar automaticamente o pre-set no horário programado, assim se pode ter um pre-set especifico para o áudio recebido do satélite e o áudio recebido do estúdio local. Esta é a melhor solução que encontrei para se ter um processamento de qualidade nas duas situações.

Siga-nos nas redes sociais

  • Black Facebook Icon

Copyright © 2020 David Faria. All Rights Reserved.